Coloque no seu Site

domingo, 30 de julho de 2017

A semente que morreu e virou uma grande árvore



Um jovem ao sair da escola, foi brutalmente lançado por um carro em alta velocidade para uma calçada, e bateu com a cabeça em um muro, morreu instantaneamente. Aquele fato marcou aquela escola, os alunos que eram seus amigos não conseguiam suportar a dor de ter perdido um colega, e ficaram com o psicológico totalmente abalados, precisando até de tratamentos.
A diretora daquela escola vendo a situação dos alunos, pediu a um pastor que fizesse um culto em cerimônia ao aluno que morreu, pois ele era filho de evangélicos. O Pastor pediu muita sabedoria a Deus, e qual a mensagem que poderia levar naquele momento tão triste que vivia aquela escola, pois o rapaz que morreu, era um aluno exemplar.
O que foi mais interessante, foi após ele ter lido ” Marcos 4:26-29 ” que diz: ” O reino de Deus é assim como se um homem lançasse a semente à terra; depois, dormisse e se levantasse, de noite e de dia, e a semente germinasse e crescesse, não sabendo ele como. A terra por si mesma frutifica, primeiro a erva, depois, a espiga, e, por fim, o grão cheio na espiga.
E, quando o fruto já está maduro, logo se mete a foice, porque é chegada a ceifa.”
A sabedoria que Deus deu para o pastor em sua mensagem, ele falou de uma arvore muito bonita que estava na frente da escola, todos que passavam se admiravam dela, ela fazia uma sombra quando estava no verão e todos os alunos se refugiavam debaixo de sua sombra antes de entrar na escola.
Ele disse pra aquela arvore tão bonita ter crescido ali, com um significado tão grande para todos que passavam, veio de uma semente que precisou morrer pra ela esta ali, e que a morte daquele jovem teve um sentido, ele morreu, mas ele é como aquele semente que fez a arvore crescer tão bonita, e a semente dele fará a diferença naquela escola, seu testemunho, seu exemplo, ele não voltara mais, mas esta no Céu com Deus, e que seus amigos sigam seu exemplo como bons alunos. Depois daquela mensagem, a vida e o sentimento dos alunos daquela escola, mudou totalmente.
Não vou falar o nome da escola e nem do pastor, por não ter autorização, mas este fato aconteceu em uma cidade do Brasil.
O que eu posso deixar a todos os leitores deste artigo, Jesus Cristo disse a Nicodemos: “Necessário vos é nascer de novo” (João 3:7 ). Devemos morrer para as trevas, ou seja: deixarmos de fazer coisas que não agradam a Deus, e nascer para uma nova vida em Cristo, produzindo frutos bons, e que nosso testemunho e exemplo como daquele jovem na escola permaneça e seja refletido por muitos.
Deus te abençoe.

By Estudos Gospel Mais
Escrito pelo Pr Marcos Monte
Leia Mais ►

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

DEUS EM CARNE E OSSO

Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade."(João 1:14)

Ouvi a história de um menino que uma noite teve medo de uma grande tempestade. Apavorado, ele gritou de seu quarto: "Papai, estou com apavorado!" Seu pai, não querendo sair da cama, gritou de volta: "Não se preocupe, meu filho. Deus te ama e vai cuidar de você." Houve um momento de silêncio. O menino disse: "Eu sei que Deus me ama, mas agora eu preciso de alguém com carne e osso".

Às vezes nosso grande e temível Deus parece quase intocável. É aí que Jesus entra em jogo. Ele era Deus em carne e osso, caminhando entre nós e nos mostrando como é Deus. Eu acho que C. S. Lewis explicou isso muito bem: "O Filho de Deus se tornou homem para que os homens se tornassem filhos de Deus ". Deus se tornou homem para que você possa se tornar filho de Deus. Você não nasceu como um filho de Deus. A Bíblia diz que é preciso nascer de novo (João 3:3).

Deve chegar um momento onde você se afasta dos seus pecados e convida Jesus Cristo para entrar na sua vida para ser seu Salvador e Senhor. Você já fez isso? Jesus Cristo andou entre nós por um curto tempo nesta terra, mas você pode caminhar com Ele para sempre. A escolha é sua.
Leia Mais ►

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

ATITUDE DE CRISTÃO

GALATAS CAPITULO 5 VERSO 25

Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito.




Como tem se saído em sua vida como cristão? Nosso mundo não facilita as coisas. Há muitas formas e muitas oportunidades para alimentarmos nossa humanidade caída, nossa infidelidade, maldade, ira, ódio, ambição egoísta, inimizade, materialismo, consumismo e a lista não está nem perto de acabar. Viver nossa condição de pecadores incapazes de lidar consigo mesmos é lugar comum. Todos temos os pés de barro e o telhado de vidro. Mas podemos melhorar. Podemos superar nossa condição e manifestar um novo padrão de vida. Podemos por causa do amor de Deus e de Sua presença em nossa vida. Jesus veio nos trazer vida abundante, vida plena (Jo 10.10). O Espírito Santo é Sua presença poderosa em nossa frágil vida. Ele nos envolve em Seu amor e isso nos fortalece.
O Espírito Santo nos dá vida. Ele nos ajuda a confiar no amor de Deus diante da manifestação de nossos mais vergonhosos pecados. Ele não diz que o pecado não é pecado. Ele nos faz perceber que somos amados apesar dos nossos pecados e nos conduz ao arrependimento e ao perdão. Ele nos ajuda a entender que, por meio de Cristo, somos adotados como filhos amados de Deus (Ef 1.5; Rm 8.15). Podemos viver em comunhão, chamando Deus de Papai. Como o filho pródigo, também temos em Deus o Pai que nos espera voltar da queda, de braços abertos e atitudes que restauram a vida que jogamos fora por causa do pecado (Lc 15.20-23). Por causa de Cristo já temos um Lar. Esse lar é  mais que um lugar, é a presença de Deus que podemos desfrutar em todo lugar, todos os dias. Uma presença que, por enquanto, disputa espaço em nossa vida com outras presenças, pois nosso mundo não vive da presença de Deus!


Mas todo que crê e compromete-se com Cristo, recebe o Espírito Santo e, mesmo com todos os desafios de um mundo orientado pela queda, pode viver uma nova vida orientada pela redenção. É assim que os filhos de Deus se manifestam. Não pelo orgulho religioso que separa, mas pela virtude cristã que nos faz missionários, anunciadores
de um jeito novo de ser e viver. Tudo como fruto de se saber amado e aceito, de aprender a desfrutar a bendita presença de Deus por meio do Espírito Santo. Algo que o medo do castigo ou o temor da condenação jamais poderão produzir. Se recebemos a vida pelo Espírito, fortalecidos vivamos manifestando as marcas de Sua presença.



Leia Mais ►

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

JESUS É O SENTIDO DA VIDA

JOÃO CAPITULO 10 VERSO 9 E 10

9- Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. 
10- O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.



Quando conhecemos Jesus Cristo entendemos o sentido da vida, porque passamos a viver com um objetivo estruturado na certeza da salvação. Não temos um futuro incerto, temos morada garantida na eternidade junto ao Pai. Portanto, sabemos que TODAS AS SITUAÇÕES às quais estamos expostos enquanto no mundo contribuem para nos aproximar mais de Deus em confiança e esperança.

Os motivos para anular e rebaixar a nossa fé são inúmeros, somos provados diariamente. Na medida em que nos dedicamos a conhecer o Senhor Jesus através da Palavra somos fortalecidos para viver conforme a vontade de Deus, ainda que ela nos pareça injusta ou enigmática.

A verdade é que enquanto estivermos neste corpo corruptível jamais estaremos aptos a conhecer a Deus plenamente, por isso precisamos confiar em Suas motivações, propósitos e ações, na certeza de que os Seus pensamentos projetam sempre o melhor para nós e estarão sempre pautados em justiça e misericórdia.

Deus é sempre fiel e precisamos enxergar além do que nos é permitido por nossas limitações. Somente Jesus Cristo nos possibilita alcançar esta fé inabalável e indestrutível. Infelizmente, nos dias de hoje, muitos negligenciam o privilégio que é conhecer a Deus. O pecado humano, no qual se origina a injustiça, a crueldade e os mais diversos males tapam suas visões impossibilitando-lhes a fé.

Não devemos buscar conhecer a Deus através das mazelas mundanas, pois através dela conhecemos apenas o homem, seu pecado e os infortúnios gerados por ele. Conhecemos a Deus quando olhamos para o sacrifício perfeito planejado por Ele por meio de Seu Filho Jesus Cristo, puro, imaculado, benfeitor e destituído de qualquer pecado para salvar seres humanos falhos e corrompidos como nós.



Leia Mais ►

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

LEMBRETE PROFÉTICO

MATEUS CAPITULO 24 VERSOS 38 E 39   
38 - Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, 
39 - E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos; assim será também a vinda do Filho do homem.


Nos dias de Noé, todo o mundo da época, com exceção de Noé e sua família, morreram no dilúvio. Eles não acreditaram que Deus mandaria chuva do céu, e, mesmo com os insistentes chamados de Deus através de Noé, eles continuaram sua vida tranquilamente até que veio o dilúvio e os levou a todos.

Jesus nos diz que na volta dEle a este mundo, acontecerá da mesma forma. Muitas pessoas não vão acreditar na mensagem da volta de Jesus e vão continuar sua vida tranquilamente. Infelizmente o destino delas será o mesmo que o das pessoas do tempo de Noé – serão mortas com a vinda de Jesus e estarão perdidas para sempre 

Quando Jesus disse que “estando dois homens no campo, um será levado e um será deixado”, isto quer dizer que um deles estará preparado para a volta de Jesus e será salvo e levado nas nuvens para encontrar com Jesus. O outro não estava preparado e será morto porque não estava preparado para encontrar com Jesus em toda a Sua glória.

Vamos ver outra passagem sobre o mesmo tema. Apocalipse 1:7 diz: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o transpassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.”

Jesus virá nas nuvens do céu, e “TODO O OLHO O VERÁ”. Jesus voltará num mesmo instante para todos. Não existe arrebatamento secreto, muito menos arrebatamento desta ou daquela igreja em específico.



Leia Mais ►