Coloque no seu Site

sexta-feira, 24 de junho de 2016

ABANDONANDO O PECADO

PROVERBIOS CAPITULO 28 VERSO 13 

13 - O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia.


Há pecados sutis que cometemos que, de tanto cometê-los, nossa consciência fica cauterizada, perdendo a sensibilidade desses erros frequentes. Achamos que pedindo perdão todas as vezes, concernente a esses pecados, somos perdoados e achamos misericórdia. Porém, a Palavra dos ensina claramente, que se não houver confissão SEGUIDO DE ABANDONO (ARREPENDIMENTO), não encontraremos misericórdia.

 Que não possamos nos enganar: O erro, por menor que seja (um pensamento impuro, ou olhares cobiçosos por mulheres, por exemplo), se for constante na nossa vida, ainda que peçamos perdão a Deus todas as vezes, mas continuamos em alimentar esses pensamentos, essa mácula pode, não só tirar a vontade de orarmos e lermos a Bíblia, como comprometer nosso arrebatamento, que está muito próximo de ocorrer. Ef 5:25-27


 Se não formos sensíveis ao nosso pecado, e sinceros em tratá-lo e abandoná-lo, sendo transparente com as pessoas com quem devemos prestar contas (nossos cônjuges, nossa liderança espiritual, nossos patrões, nossos amigos íntimos) não teremos uma jornada cristã saudável, pois uma mente dominada pelo desejo carnal, por menor e mais "bobinho" que esse desejo seja, vai gerando em nós mais e mais mornidão espiritual. É importante entendermos, que mesmo como novas criaturas em Cristo, nossos pecados não confessados e abandonados, nos separarão da preciosa e majestosa comunhão com Deus (Is 59:2).


  HÁ UM CLAMOR ARDENTE NO MEU CORAÇÃO PELO ZELO DE SANTIDADE, E ROGO A DEUS QUE ESSE SENTIMENTO POSSA ESTAR EM ALTA NA SUA VIDA TAMBÉM, afinal, SEM SANTIFICAÇÃO NINGUÉM VERÁ O SENHOR!




Nenhum comentário:

Postar um comentário